10 fevereiro 2010

Interpretando a Música I

Sabe aquelas músicas que você ouve e diz "essa é a minha música"? Então, ela realmente foi feita para você! Ou melhor, feita para qualquer um que a ouvisse, apropriando-se da letra de acordo com suas experiências vividas. Foi lendo o livro A Economia das Trocas Lingüísticas: O que falar quer dizer, de Pierre Bourdieu, que tive esta epifania, ou melhor, a confirmação do que já havia descoberto há algum tempo. O importante é que muitos artistas se aproveitam de você fazendo músicas que se encaixam em qualquer história romântica, dor de cotovelo ou momento de superação, emplacando hits e ganhando dinheiro com os sentimentos alheios. E eu, entusiasta neste assunto, vou mostrar que Bourdieu tinha razão.

Vou começar com uma prodígio neste ramo: Pitty. Vai dizer que você nunca ouviu uma música dela e disse: "é... ele(a) fez isso mesmo!". Ela é boa nisto, e não foi atoa que essa música ficou tanto tempo nas paradas. Veja por si mesmo...

Pitty - Na sua estante

Te vejo errando e isso não é pecado,
Exceto quando faz outra pessoa sangrar
Panorama: estamos falando de um casal em crise. Ele(a), é claro, está errado. Todo mundo sabe que outro sempre está errado e quem está cantando é sempre o que está sofrendo, sangrando. Só lembrando, você não odeia o outro, só queria que ele parasse de errar.
Te vejo sonhando e isso dá medo,
Perdido num mundo que não dá pra entrar
Quando se está em crise, costumamos nos afastar, nos fechar. Eles já não se entendem, já não são do mesmo mundo. Soa familiar para você? É claro que sim, você e ele (a) sempre foram diferentes, mas só em uma crise é que isto fica claro.
Você está saindo da minha vida
E parece que vai demorar
Se não souber voltar, ao menos mande notícias
Eu te amo, me preocupo com você, mas você está indo embora. Manda um cartão postal!
Você acha que eu sou louca
Mas tudo vai se encaixar

Tô aproveitando cada segundo
Antes que isso aqui vire uma tragédia
Isto é para as mulheres. Nós sempre queremos discutir a relação porque percebemos muito mais rápido que o relacionamento está acabando. E, neste caso, vai acabar em tragédia. E ainda saímos como as bruxas por termos sacado antes.

E não adianta nem me procurar
Em outros timbres, outros risos
Eu estava aqui o tempo todo
Só você não viu [2x]
Baba olha o que perdeu. Ninguém vai te amar como eu te amo e blábláblá. Você já disse isso pra aquele seu ex, eu sei disso, mesmo que tenha sido uma enorme mentira. Tudo isso é só pra ele não ir embora.

Você tá sempre indo e vindo, tudo bem
Dessa vez eu já vesti minha armadura
Retomamos ao primeiro parágrafo. Cansei de sangrar por você, ja estou aprendendo.
E mesmo que nada funcione
Eu estarei de pé, de queixo erguido
Momento de auto-confiança, também sempre presente no fim. Eu tô lutando por você, mas mesmo depois de sangrar tanto, eu vou sobreviver sem você.
Depois você me vê vermelha e acha graça
Mas eu não ficaria bem na sua estante
De novo eu sou a louca que fica chorando por aí enquanto pra você está tudo bem. Mas nesta última parte retomamos um pouco de nossa dignidade não é mesmo? Não sou um objeto que você usa e exibe para os amigos. Nada disso é novidade. Qualquer um, seja homem, mulher ou simpatizante, já se sentiu usado. E pior, a gente ainda cai nessa.

[REFRÃO]

Só por hoje não quero mais te ver, só por hoje não vou tomar minha dose de você
Cansei de chorar feridas que não se fecham, não se curam
E essa abstinência uma hora vai passar
Finalmente: Criei coragem e não quero mais saber de você. Acabou, chega, você nunca vai aprender. É claro, isso até ouvir sua voz e o "amor" falar mais alto. Pitty querida, você tem que se decidir, ou sai ou sangra. E não é que a gente prefere continuar sangrando.

-----------------------------
Bem, enxugando as lágrimas vai. Moral: se não está dando certo, termina logo caramba. Qualquer diga pego outra música para destruir.

2 Reações:

Oscar disse...

huahauhau,genial pessoa...sugiro q pegue a musica Desculpe,do Arnaldo Baptista..sei q vc não vai pegá-la,mas tudo bem..rsrrs


besos

Tais disse...

Adorei......
rsrsrsrsrsrsrs...

 
Powered by Blogger